A Escola Cidade de Castelo Branco comemorou de 15 a 19 de novembro a Semana Internacional dedicada à Geografia e aos Sistemas de Informação Geográfica, cujo principal objetivo é demonstrar as aplicações práticas dos conhecimentos geográficos.

O Dia dos Sistemas de Informação Geográfica, este ano 17 de novembro,  conhecido na comunidade científica internacional por GIS Day,  integra-se na Semana da Consciência Geográfica e foi comemorado com atividades de georreferenciação e orientação em que os conhecimentos de carácter geográfico foram fundamentais. Uma atividade de caráter mais lúdico, com o globo terrestre, despertou a curiosidade e o interesse dos alunos pelo conhecimento do planeta Terra.

Na semana de 8 a 11 de novembro os alunos do 4.º ano da Escola Básica Cidade de Castelo Branco realizaram visitas de estudo à Quinta do Chinco, para recriar a apanha da azeitona. Fomos recebidos pelas engenheiras Ana Margarida e Ana Beato.

As engenheiras explicaram algumas particularidades sobre esta atividade e os alunos ficaram muito curiosos, pois são necessários 5 kg de azeitona para fazer 1 litro de azeite e há vários tipos de azeitonas. A cordovil é a mais utilizada para comer e a galega para fazer o azeite, embora ambas tenham as duas utilidades.

Os alunos formaram dois grupos e dirigiram-se para o olival onde já se encontravam os panais, as varas, as escadas, as caixas e os ripadores, instrumentos utilitários da apanha da azeitona. Estenderam os panais debaixo das oliveiras e começaram a varejar, a ripar, colher, cirandar e a escolher as azeitonas com muita energia, cantando a canção “Oliveira da serra”.

Os alunos aprenderam as diversas técnicas da apanha da azeitona, finalizando com a preparação da azeitona a enviar para o lagar.

De seguida, todos foram lanchar no parque das merendas.

A Escola Cidade de Castelo Branco acolheu, no passado dia 8 de novembro, a palestra “Um Universo de informação. A luz.”. O evento teve como preletor o investigador Paulo Maurício, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço.

Organizada pela professora de ciências Físico-Químicas, Florinda Carrega, a palestra foi proferida para as turmas 7.ºC e 7.ºD, no âmbito das Ciências Físico-Químicas, e foi a segunda palestra concretizada na Escola, pelo projeto “O Espaço vai à Escola”, promovido pelo ESERO Portugal (European Space Education Resource Office), da Agência Espacial Europeia, em parceria com a Ciência Viva.

A Escola Cidade de Castelo Branco acolheu, no passado dia 4 de novembro, a palestra “Da idade da magia a Galileu”. O evento teve como preletor o investigador Paulo Maurício, do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço.

Organizada pela professora de ciências Físico-Químicas, Florinda Carrega, a palestra foi proferida para as turmas 7ºA e 7ºB, no âmbito das Ciências Físico-Químicas, e foi concretizada pelo projeto “O Espaço vai à Escola”, promovido pelo ESERO Portugal (European Space Education Resource Office), da Agência Espacial Europeia, em parceria com a Ciência Viva.

 

Este questionário destina-se aos pais/encarregado de educação, com crianças inscritas nos Jardins de Infância da escola Cidade de Castelo Branco e da Boa Esperança e que pretendam usufruir da componente de apoio à família.

Nos casos em que se trata da 1ª matrícula no Pré-Escolar ou no Jardim de Infância, os pais/encarregados de educação que pretendam usufruir da componente de apoio à família, logo a partir do dia 1 de setembro, ficam informados de que as atividades letivas, ou seja, atividades desenvolvidas por educadoras de infância, terão início apenas entre os dias 14 e 17 de setembro, altura em que serão realizadas reuniões para a prestação de todas as informações necessárias.

Informamos de que, no caso das crianças com necessidades especiais, o eventual acompanhamento individual por parte de assistente operacional colocado para esse efeito específico e/ou apoio por parte de docentes da educação especial, só poderão vir a concretizar-se com o início das atividades letivas, ou seja, entre os dias 14 e 17 de setembro.

Formulário de inscrição no apoio à família no Pré-escolar