netGIAE

 

 

No dia 23 de fevereiro, realizou-se uma atividade dinamizada pela Escola Segura, subordinada ao tema bullying. O bullying é uma realidade presente nas escolas portuguesas, embora nem sempre seja visível. Os polícias da Escola Segura deslocaram-se à Escola Cidade de Castelo Branco para falar sobre este tema.

Há vários tipos de bullying, como por exemplo o cyberbullying, o bullying psicológico, físico e verbal.

O cyberbullying é o bullying através da internet e das redes sociais.

O bullying psicológico verifica-se quando há agressões verbais constantes.

O físico é quando o agressor se aproveita das fraquezas físicas da vítima para lhe fazer mal; o verbal, ocorre quando o praticante deste crime, o bully (agressor), por exemplo, ofende ou humilha, publicamente, um colega, de forma continuada.

Um dos casos mais falados é a história verídica de Amanda Todd, disponível no youtube, que terminou em suicídio.

 

No dia 22 de janeiro, no horário da aula de Português, as turmas C e E do 7ºAno realizaram uma prova, na Biblioteca da Escola Cidade de Castelo Branco, elaborada pela Porto Editora sobre a obra “O Recruta” de Robert Muchamore, da coleção Cherub.

No âmbito da disciplina de Português e, em colaboração com a Biblioteca, as turmas referidas leram a obra, disponibilizada pela editora, e realizaram a prova que consistiu, exclusivamente, no preenchimento de um crucigrama. A representante da editora deslocou-se à Escola, acompanhou a prova e, no fim, agradeceu aos alunos o interesse manifestado, tendo procedido à entrega de diplomas de participação e de  crachás alusivos à coleção Cherub. Os resultados da prova serão divulgados, em breve, a todos os participantes. 

Escola Cidade de Castelo Branco recebe Menção Honrosa

No dia 7 de julho de 2017, a aluna Inês Margarida07.07 Final CNL Martins Calmeiro, aluna de 9º Ano, da Escola Cidade de Castelo Branco, representou o Agrupamento de Escolas Nuno Álvares, na final Nacional do Concurso Nacional de Leitura, que decorreu na Biblioteca Municipal e no Cineteatro de Anadia.

Para celebrar, mais uma vez, a importância do Livro e da Leitura, estiveram presentes, a nível nacional, 57 alunos apurados das diversas fases distritais. De manhã, teve lugar a semifinal, em que ficaram apurados 5 alunos do 3º Ciclo e 5 do Ensino Secundário. Nesta prova, a fim de avaliar a competência escrita, cada um dos participantes teve de dar asas à imaginação, dando um desfecho a uma narrativa aberta. De tarde, com cobertura da RTP 2, realizou-se a final com os 10 alunos apurados da semifinal e que consistiu numa prova constituída por três vertentes: dramatização de um texto, leitura expressiva e um exercício de carácter argumentativo. A aluna que representou o Agrupamento Nuno Álvares traduziu um excelente desempenho, pois foi uma das 5 alunas selecionadas para a prova final, tendo sido distinguida com uma Menção Honrosa.