No dia 23 de março de 2022, o Clube de Jornalismo da Escola  Cidade de Castelo Branco visitou a exposição “Nadir Afonso e a figura humana” no museu Francisco Tavares Proença Júnior, acompanhados pela professora Isabel Falcão.

A exposição apresenta um dos temas menos conhecidos do pintor, a figura humana, quer seja a realidade ou uma sugestão dela. As obras expostas contam com três núcleos essenciais: telas, guaches e estudos. Alguns títulos de obras são: “Póvoa de Varzim”, “Banhistas” e outros.

Nadir Afonso foi pintor e arquiteto, nasceu a 4 de dezembro de 1920, em Chaves e faleceu a 11 de dezembro de 2013, em Cascais. Viveu na França, no Brasil e em Portugal e expôs as suas obras em museus, como no Salon des Réalités Nouvelles. Mesmo depois da morte do pintor, a sua fundação continua a divulgar a obra e vida de Nadir Afonso, sendo a missão principal desta, e esta exposição é uma forma de representar a sua missão.

Depois, o grupo também teve a oportunidade de visitar o museu, nomeadamente as colchas do bordado de Castelo Branco, o vestuário do século XVIII e a exposição de arqueologia.