No dia 19 de janeiro de 2022, o Clube de Jornalismo da CCB visitou o museu do Cargaleiro situado na zona antiga de Castelo Branco.

Os alunos visitaram, em primeiro lugar, o edifício mais antigo, conhecido como Solar dos Cavaleiros. Este edifício tem uma história peculiar, pois foi mandado construir pelo Bispo João de Mendonça, mas ia sendo destruído mais tarde. A Câmara Municipal interveio e o Solar foi reconhecido como Património Municipal. Sendo este um monumento do nosso município, havia a necessidade de o restaurar, o que fez com que convidassem o mestre Cargaleiro a criar o seu próprio museu.

No Solar, os alunos conseguiram observar a arte “ratinha”, denominada assim pois os beirões que trabalhavam nos campos alentejanos, eram chamados “ratinhos” pelos mesmos.

No edifício contemporâneo (fundado no século XXI), os alunos do clube puderam observar obras como “A porta da vizinha que nunca conheci” e a manta de retalhos, obra da mãe do mestre. Nos pisos superiores encontra-se patente a exposição “Manuel Cargaleiro, uma vida desenhada”.

O Museu pode ser visitado de terça a domingo, mas encontra-se encerrado em determinados feriados. A visita pode ser guiada, tendo o custo de 1 euro, ou se preferir, pode ser livre.

Mariana Reino e Raul Matos, Clube de Jornalismo da CCB