No dia 25 de janeiro, os alunos do 9ºB da Escola Secundária Nuno Alvares, realizaram uma visita guiada ao CCCCB (Centro de Cultura Contemporânea de Castelo Branco).

Esta atividade foi efetuada no âmbito das disciplinas de História e de Educação Visual, com o objetivo de aprofundar conhecimentos de arte contemporânea na vertente do abstracionismo.

Ao longo da visita os alunos tiveram oportunidade de observar obras de diferentes artistas, com os mais variados estilos de arte, desde Paula Rego até Graça Morais.

No final da visita, os alunos mostraram satisfação, agrado e interesse pela atividade.

1. Enquadramento teórico

O Canadian Medical Association Journal  publicou um Importancia sono na aprendizagemestudo, no qual refere que, em adolescentes, existe uma associação direta entre o distúrbio do sono e uma maior probabilidade de ter colesterol alto, pressão arterial elevada e excesso de peso ou obesidade. Outros estudos indicam que adolescentes com privação de sono parecem ser vulneráveis a psicopatologias, como a Depressão, o Défice de Atenção, a Hiperatividade e dificuldades em controlar as suas emoções.

Para além das patologias e distúrbios, as horas insuficientes de sono afetam o raciocínio, a estabilidade emocional e o comportamento dos adolescentes [1]. Contudo, é ainda incerto o efeito da privação de sono a longo prazo na emoção, nas relações sociais ou na saúde [1].

No dia 17 de maio de 2017, os alunos do 9ºA, 17 05 17-ESNA-visita-9anoda Escola Nuno Álvares, realizaram uma visita de estudo a Lisboa, no âmbito das disciplinas de História, Educação Visual e Educação para a Cidadania.

À chegada, pelas 12:30, fomos almoçar na zona de Belém e, de seguida, visitámos o Mosteiro dos Jerónimos. Posteriormente, o grupo dirigiu-se ao Padrão dos Descobrimentos onde pudemos apreciar a paisagem à beira-rio e tirámos fotografias fabulosas ao Tejo e à Ponte 25 de Abril.

Por fim, fomos ao MAAT onde tivemos uma visita guiada, tendo sido os primeiros a ver a exposição "Utopia, Distopia".

Consideramos esta visita de estudo muito gratificante e agradecemos a disponibilidade, colaboração e paciência dos professores que nos acompanharam.

Pelas 21 horas, os alunos chegaram, satisfeitos e realizados, a Castelo Branco.

Texto elaborado pelos alunos da turma do 9ºA da Nuno Álvares,
Diogo Paulo, Maria Lopes, Mariana Santos, Marina Luís e Inês Paulo.

Olimpiadas internacionais ciencia 02

Os alunos Guilherme Alves e Raul Pombo Monteiro do Agrupamento de Escolas Nuno Álvares de Castelo Branco irão representar Portugal nas Olimpíadas Internacionais de Ciência – EUSO 2016. As provas de caráter teórico e prático serão disputadas este ano na Estónia, na cidade de Tartu, de 7 a 14 de maio. Estas Olimpíadas de Ciência – EUSO – são competições que exigem aprofundamento do conhecimento científico nas áreas da Química, da Física e da Biologia e contam este ano com a participação de 23 países de entre os quais Portugal. A inclusão dos alunos Guilherme e Raul na equipa nacional foi o resultado de um processo de apuramento que teve início quando estes venceram as Olimpíadas da Química, fase distrital e fase nacional, em 2014.
Para além da escola, os tempos livres do Raul são dedicados também à Flauta Transversal, instrumento que estuda no Conservatório Regional de Castelo Branco, e o Guilherme ajuda na loja dos pais.

O Agrupamento de Escolas Nuno Álvares promoveuNA Literacias EST 01 atividades de desenvolvimento de competências no âmbito das literacias digitais para os seus alunos de 12º ano. A Biblioteca Escolar, na sequência da sua autoavaliação, verificou que o domínio das literacias digitais dos alunos poderia ser melhorado e, nesse sentido, elaborou um programa de acção em parceria com a Escola Superior de Tecnologia, que se disponibilizou a fazer duas sessões sobre as funcionalidades do programa Photoshop, nomeadamente, elaboração de cartazes e tratamento de imagem, nas suas próprias instalações. A coordenadora da Biblioteca Escolar dinamizou a atividades em estreita articulação com a professora de API (aplicações informáticas), Teresa Rodrigues. Nos dia 2 e 16 de fevereiro, em transportes fornecidos pela EST, acompanharam os alunos às sessões, que foram dinamizadas pelo professor Dr. Pedro Silva, docente da UTC (unidade técnico-científico de Informática) na área da multimédia.

NA Literacias EST 02Foi, sem dúvida, um trabalho em articulação muito positivo, em que os alunos saíram mais enriquecidos e motivados para desenvolverem as suas competências no âmbito das literacias digitais.